A vida útil do ar condicionado do seu carro
A vida útil do ar condicionado do seu carro
9 de julho de 2018
Dicas para dirigir com segurança
Dicas para dirigir com segurança
11 de julho de 2018

Dicas de mecânica para motos

Dicas de mecânica para motos

Dicas de mecânica para motos

Dicas de mecânica para motos – o que saber sobre minha moto?  

Você compra uma moto nova, animado porque ela provavelmente está funcionando perfeitamente e vai solucionar todos os seus problemas de locomoção. Passam-se 6 meses e algo parece errado. Mas o que é? Se você não tiver noções básicas de mecânica de motos, pode passar por apuros. Então fique ligado e acompanhe essas dicas de mecânica para motos.

 

Dicas de mecânica para motos

Bateria

Se em algum momento você notar que a bateria da sua moto está falhando, isso pode indicar um problema bastante simples de se consertar. As novas motos saem de fábrica com bateria selada. Este é um tipo de bateria que recebe uma baixíssima porcentagem de cálcio nos elétrons de chumbo, fazendo com que a composição da água na bateria seja nula (nem ácida e nem alcalina).

A bateria selada gera oxigênio e hidrogênio, que se combinam e formam água. Portanto, o nível de água na bateria sempre se mantém, sendo que a água é um dos elementos essenciais à produção de eletricidade.

Já as motos mais antigas, possuem baterias não seladas, com água ácida. Com o passar do tempo, elas perdem essa água que evapora, podendo ocasionar falta de eletricidade eventualmente.

Se for o seu caso, basta verificar os níveis de água na bateria e, caso estejam baixos, reabastecer a bateria com água. Isso deve fazer a bateria voltar a funcionar normalmente.

 

Conheça os cabos  

Uma importante dica de mecânica para motos é conhecer bem os cabos. Eles estão localizados próximos aos componentes pelos quais são responsáveis, são eles: freios, embreagem e acelerador.

Agora ficou fácil encontrar e identificar cada cabo e você mesmo pode inspecionar os cabos e identificar algo anormal com uma análise cuidadosa. Só tome cuidado para não desconectar os cabos ou danificá-los.

 

Confira os fluidos  

Mais uma dica de mecânica para motos é conferir frequentemente todos os fluidos, principalmente os do motor, que são óleo e líquido de arrefecimento, caso sua moto tenha refrigeração por líquidos.

Também é recomendado verificar os componentes hidráulicos, como freios e possíveis vazamentos na suspensão. Para isso, consulte sempre o manual da sua moto e veja quais são os pontos exatos que você deve verificar. Consulte as marcações que indicam o nível desses fluidos.

Se o líquido de arrefecimento estiver abaixo do nível, você mesmo pode completar com um lubrificante recomendado pelo fabricante. Agora, se houver vazamento no motor ou na suspensão, leve sua moto a um profissional de confiança com urgência.

 

Verifique os pneus  

Mais uma importante dica de mecânica para motos é estar atento ao estado dos pneus. Eles são peça chave para o funcionamento da sua moto e, portanto, devem estar sempre em ótimas condições.

Verifique pontos como a calibragem, o estado de desgaste e a validade dos pneus, que deve sempre ser respeitada, fazendo a troca após o vencimento. Os pneus de uma moto possuem validade aproximada de 5 anos. Atente-se para a data de fabricação dos pneus e programe-se com antecedência para ter a certeza de substituí-los quando chegar a hora.

Você também deve verificar o código DOT dos pneus da sua moto e observar os números que acompanham esse código. O código DOT gravado na lateral do pneu garante sua conformidade com os padrões de segurança, além de trazer informações sobre a fabricação.

Exemplo: DOT Y16L 26X2 2317

Y16L – Código da fábrica

26X2 – Tipo de construção do pneu

2317 – Semana e ano de fabricação (23ª semana de 2017)

 

Verifique as correntes  

A corrente da moto é uma parte importante e que, se não for observada, pode causar acidentes. Portanto, aqui vai mais uma dica de mecânica para motos.

Independente do modelo da sua moto, uma coisa é regra para todas: a corrente não pode estar com folga, pois é isso que causa acidentes. Além de verificar a regulagem da corrente, verifique também se ela está lubrificada, pois uma corrente seca pode enferrujar e travar suas articulações.

No manual da sua moto, há uma especificação em centímetros da folga máxima da corrente. Se a corrente estiver com folga acima desse limite, é necessário fazer a regulagem. Também é recomendado que seja feita essa verificação a cada troca de óleo, assim evitando que o problema te pegue de surpresa no meio da estrada.

 

Verifique os freios  

Um item de segurança extremamente importante, os freios devem estar sempre no mais perfeito funcionamento. Em qualquer veículo, eles são imprescindíveis. E nas motos, ainda mais. Existem dois tipos de freios que podem equipar a sua moto: os freios a disco e os freios a tambor.

Caso você desconfie de problemas nos freios, verifique qual o tipo de freio da sua moto antes de levar ela a um mecânico. Os freios a disco podem ser inspecionados a olho nu, sem a necessidade de maiores manutenções. Já os freios a tambor devem ser removidos para uma inspeção mais minuciosa, o que, neste caso, requer a atuação de um profissional.

Se você tiver freios a tambor ou se notar desgaste nos discos do freio da sua moto, vá a um profissional de confiança o mais rápido possível (com cuidado para não sofrer acidentes). Pode ser necessário trocar os componentes dependendo do desgaste.

 

Recapitulando as dicas de mecânica para sua moto  

  • Verifique sempre os níveis de água na bateria, caso ela não seja selada
  • Conheça os cabos da sua moto
  • Verifique os fluidos e seus níveis conforme recomendações do fabricante
  • Verifique os pneus e o código DOT deles
  • Verifique as correntes
  • Verifique os freios

Seguindo estas dicas de mecânica para motos, você evitará maiores problemas.

2 Comentários

    • Marketing disse:

      Obrigado pelo feedback, Magalhães. Estamos sempre atualizando nosso blog. Se quiser receber dicas e ofertas por email basta se cadastrar no link goo.gl/JfjA8q 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *