O que você precisa saber sobre pastilhas de freios

Sapata de freio: o que é e para o que serve
Sapata de freio: o que é e para que serve
25 de Maio de 2019
Cilindro de Roda o que é
Cilindro de Roda: o que é?
25 de Maio de 2019

O que você precisa saber sobre pastilhas de freios

O que você precisa saber sobre pastilhas de freios para evitar problemas  As pastilhas de freio são uma parte importante no sistema de freio a disco e você precisa entender como essas peças funcionam para evitar problema.

O que você precisa saber sobre pastilhas de freios para evitar problemas

As pastilhas de freio são uma parte importante no sistema de freio a disco e você precisa entender como essas peças funcionam para evitar problema.

A principal função das pastilhas de freio é gerar o atrito suficiente para que você faça frenagens mais rápidas e seguras. Se elas estão desgastadas ou com algum dano, consequentemente, o movimento do carro é completamente comprometido.

Vamos entender melhor tudo o que você precisa saber sobre as pastilhas de freio para que, a partir de hoje, confira se a manutenção preventiva do seu carro está em dia e suas viagens estão seguras.

Tipos de pastilhas de freio: descubra qual a ideal para seu carro

Na hora de trocar as pastilhas de freio, você precisa saber o tipo certo para seu carro. Elas podem ser:

  • Pastilha Orgânica: é o tipo mais barato de pastilha para freios a disco, mas também tem as suas limitações, como uma baixa reposta para veículos mais pesados. A vantagem é que elas praticamente não geram ruídos, se compararmos com outros modelos mais populares;
  • Pastilha Metálica: a grande vantagem desse tipo é a durabilidade. Como elas demoram mais para se desgastar, a vida útil da peça acaba sendo maior. Em contrapartida, os valores também são bem maiores, se compararmos com a pastilha orgânica e outros tipos;
  • Pastilha Semimetálica: é uma versão um pouco mais barata das pastilhas metálicas. Elas são fabricadas a partir de ligas de diferentes materiais, como o cobre, o ferro e o aço. Também são mais resistentes que as orgânicas;
  • Pastilha Cerâmica: esse é considerado o melhor tipo do mercado. Elas são muito resistentes e bastante silenciosas. A maior vantagem está no material utilizado: fibras de cerâmicas. Isso faz com que o carro não perca capacidade de frenagem quando a temperatura está mais elevada. Além disso, ela desgasta menos os discos do freio do seu carro;

Se ainda ficaram dúvidas sobre qual a melhor opção. Indicamos que você consulte o manual do fabricante e busque orientação com um mecânico de sua confiança.

Como identificar desgastes nas pastilhas de freio?

É preciso saber identificar que as pastilhas de freio estão desgastadas. Além de não comprometer a eficiência do seu veículo, você ainda não corre o risco de ter outras peças danificadas.

LEIA TAMBÉM: Pastilhas de freio: como identificar e evitar desgastes?

Geralmente, ao passar da vida útil ou ter sido danificada, as pastilhas de freio a disco apresentam alguns sinais. Os ruídos mais agudos geralmente é o que o motorista percebe primeiro. Com o tempo, você notará que a frenagem está comprometida. Mesmo em baixas velocidades o carro demorará para frear. Esse é um grande agravante, visto que compromete completamente a sua segurança no trânsito.

Outra característica do desgaste das pastilhas de freio, é o pó preto sobre as rodas, principalmente se você usa pastilhas orgânicas, metálicas e semimetálicas.

O ideal é que as pastilhas sejam trocadas entre 5 e 10 mil quilômetros rodados, mas é sempre bom buscar a opinião de um mecânico de sua confiança.

 

Tem mais dúvidas sobre o assunto? Deixe um comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *