Carro Flex: será que ele realmente te ajuda a economizar combustível?

    25/05/2021

    Carro Flex: será que ele realmente te ajuda a economizar combustível?

    O carro flex é um dos mais populares entre os brasileiros e, com o aumento no preço dos combustíveis, tem sido ainda mais procurado. Mas será que ele realmente pode te ajudar a economizar?

    A resposta para essa pergunta é apenas uma: depende. Vem com a gente para as próximas linhas e confira mais detalhes sobre o assunto.

    Combustível para carro flex

    O carro flex tem uma característica única: o poder de rodar por aí na gasolina, no etanol ou com os dois tipos misturados. Isso é possível, pois o carro conta com um sensor que identifica o tipo de combustível que está queimando.

    Entretanto, esse processo não é algo automático, sendo necessário de 5 a 10 minutos com o carro em movimento para que a leitura aconteça. Por isso, é importante que você nunca deixe o tanque do carro “secar” para abastecer outro combustível.

    Mas, voltando ao que viemos aqui para contar, qual a diferença de cada combustível para o carro flex e como cada um influencia no bolso do motorista?

    Gasolina

    Para passeios ou deslocamento dentro da cidade, a gasolina é o combustível ideal. Isso porque, graças a sua octanagem, ela garante muito mais autonomia ao veículo, tendo em mente que seu consumo é menor do que o etanol nessa situação.

     

    Suas propriedades químicas permitem que o consumo seja reduzido. Além disso, por ser oleosa, garante uma lubrificação melhor de todo o sistema que precisa de um pouco mais de força para rodar dentro da cidade.

    Etanol

    Enquanto a gasolina é perfeita para dentro da cidade, o etanol entra em cena garantindo um bom desempenho na estrada.

    De maneira geral, o etanol é só um hidrocarboneto e, por isso, sua evaporação acontece de uma só vez. Assim, sua taxa alta de octanagem garante uma taxa de compressão maior e, automaticamente, mais potência.

    Entretanto, seu poder calorífico representa apenas 70% do da gasolina, o que ocasiona em um consumo maior de combustível. Complicado? Bem, podemos resumir assim: com o etanol você garante mais potência, mas precisa de mais litros para que tenha o mesmo resultado da gasolina.

    O etanol é mais ecológico por ser produzido da cana-de-açúcar. Mas, assim como a gasolina, sua queima é bastante poluente. Por fim, vale informar que, se for usar o etanol para trajetos mais curtos, a troca de óleo precisará ser mais frequente.

    Qual o combustível ideal para o carro flex?

    Você ainda pode fazer a mistura dos dois combustíveis. Nesse ponto, não existe certo ou errado, algumas pessoas colocam 50/50 de cada um, outros mais, outros menos. Não há escolha errada e a mistura pode ser benéfica ou não para o seu consumo.

    Portanto, se o seu objetivo é economizar, a dica é considerar o uso relativo dos dois combustíveis, considerando a sua necessidade. Na cidade, aposte na gasolina. Já na estrada, escolha o etanol. Combinar os dois para balancear os valores também é uma opção.

    Entretanto, se atente a uma regra geral: abasteça em postos de confiança. Isso fará toda a diferença no final!

     

    Enfim, agora é a sua vez de responder uma pergunta para nós: qual tipo de combustível você prefere? Aproveite para compartilhar este artigo com seus amigos!