Filtros do carro: o que é, quais são e dicas

    27/06/2022

    Filtros do carro: o que é, quais são e dicas

    Entre tantos quesitos importantes para um bom funcionamento de um veículo, não podemos esquecer dos filtros do carro. Certamente, vez ou outra, você já deve ter sentido a sensação de perda de eficiência do seu veículo, mesmo sem nenhuma razão aparente.

     

    A sensação de “carro pesado” e o consumo aumentado pode ter uma grande causa: problemas com os filtros do carro. Ou, melhor dizendo, a falta de manutenção desses componentes.

     

    Os filtros são peças que poucas pessoas dão importância, mas são essenciais para a saúde do automóvel. Isso porque, são eles que entram em cena no afastamento de impurezas que possam chegar ao motor e danificá-lo.

     

    Por isso, a falta de atenção com eles pode gerar grandes problemas de desempenho do automóvel. Sim, um dos itens mais baratos de troca, que tende a não pesar no seu bolso, quando não checado periodicamente, pode te dar uma baita dor de cabeça.

    O que é e qual a importância dos filtros do carro?

    Como o próprio nome sugere, os filtros do carro são como uma espécie de peneira na qual impede que partículas grandes e sujeiras cheguem, sobretudo, ao motor do veículo. 

     

    Eles são itens essenciais para evitar que peças importantes para o funcionamento do carro estraguem. Além disso, garantem um bom desempenho do mesmo.

     

    Os filtros mais importantes para o desempenho do seu carro são três: o de combustível, o de óleo e o do ar. Além disso, temos o filtro do ar-condicionado que também merece atenção. Todos eles agem de maneira parecida: barrando partículas prejudiciais para o motor, como ferrugem, poeira e impurezas.

     

    Quando se esquece ou não se faz corretamente a troca destes itens, o carro pode sofrer com um alto consumo de combustível, desgaste prematuro das peças e até entupimento do motor.

    Conheça melhor os filtros do carro

    Filtro de óleo

    Como já falamos em outros artigos, o óleo lubrificante tem um papel essencial para o motor do seu veículo: amenizar o atrito e manter as peças sempre lubrificadas. Com isso em mente, o filtro entra em ação para barrar e evitar que as sujeiras se acumulem do motor.

     

    Entretanto, quando não se faz a manutenção devida deste item, o filtro pode saturar e perder a sua eficiência. Como resultado, a lubrificação das peças fica falha e componentes, como pistões, cilindros e válvulas, acabam sofrendo com mais atritos e desgastes.

     

    Com isso, o veículo acaba tendo dificuldade em seu desempenho. Assim, aumenta-se o consumo de combustível e acontece o superaquecimento, correndo o risco de fundir o motor.

     

    A indicação, portanto, é substituir o filtro de óleo sempre que a troca de óleo for feita, evitando que o fluido antigo e sujo se misture com o novo.

    Filtro de combustível

    Sem dúvidas, o filtro do carro mais importante desta lista! O mesmo tem o papel de impedir que impurezas presentes nos combustíveis cheguem até à bomba, pistões e bico injetor. Sejam veículos de injeção eletrônica ou carburador, o filtro de combustível é essencial.

     

    Normalmente, alguns sinais se tornam aparentes quando o filtro de combustível do veículo precisa ser trocado, tais como:

    • Demora para dar partida;

    • Falhas no momento de trocar as marchas;

    • Motor morre com frequência;

    • Alto consumo de combustível.

     

    Então, mediante a estes pontos, fique sempre atento aos sinais dados pelo seu veículo. Revisões regulares fazem a diferença para evitar que o filtro de combustível chegue ao ponto de saturação e cause grandes problemas.

     

    Além disso, vale ficar atento ao tipo de combustível colocado no carro. Evitar andar com o carro na reserva e passar longe de combustíveis adulterados são pontos essenciais para a preservação do filtro do motor.

    Filtro de ar

    Para o funcionamento de um motor à combustão, é preciso que oxigênio e combustível estejam juntos para a explosão. Quando impurezas, como fuligem, poeira e detritos, atingem esse processo, é possível que falhas na eficiência do motor aconteçam.

     

    Assim, entra em cena o filtro de ar, com o papel de evitar que as sujeiras presentes no ar cheguem até o sistema automotivo. Quando este filtro está muito sujo, a passagem de ar fica dificultada e o motor é mais exigido. Então, acontece um maior consumo de combustível e desgaste das peças.

     

    Recomenda-se que a troca deste filtro seja feita a cada 10.000 quilômetros rodados. Entretanto, é importante se atentar que, caso você more em ambientes rurais ou cidades com alto índice de poluição, a recomendação de troca da peça passa a ser a cada 5.000 quilômetros rodados.

    Filtro de ar-condicionado

    Popularmente chamado como filtro de cabine, este visa melhorar a qualidade do ar para os passageiros. Apesar de sugerir ser apenas para ar-condicionado, este tipo de filtro também pode ser usado por veículos que não possuem o equipamento.

     

    Isso porque, ele ajudará a reter partículas e sujeiras prejudiciais para pessoas com problemas respiratórios, por exemplo.

     

    A troca deste filtro deve ser feita, ao menos, uma vez ao ano. Entretanto, caso se comece a sentir odores ruins ao ligar a ventilação do veículo, a troca imediata deve ser feita. Vale destacar que filtros sujos podem proliferar bactérias prejudiciais à saúde e prejudicar o funcionamento do ar-condicionado.


    Enfim, os filtros de carro são essenciais para o bom funcionamento do seu veículo! Portanto, não se esqueça de trocá-los e checá-los com frequência! Quer mais dicas sobre manutenção e cuidados com seu veículo? Confira nossos demais artigos e, caso precise de peças e pneus, procure a PMZ mais próxima de você!