Macaco do carro: saiba como usar

    01/08/2022

    Macaco do carro: saiba como usar

    Situações de emergência podem acontecer a qualquer momento e, nestes, saber como usar o macaco do carro é algo essencial! Afinal, pode acontecer do seu pneu furar em um local sem sinal de celular ou distante de alguma cidade.

     

    Assim, a única alternativa é fazer você mesmo a troca do pneu e, nessa hora, você precisará estar pronto para agir!

     

    Falando assim, o processo pode parecer bastante complexo e complicado. Entretanto, podemos afirmar que o uso do macaco do carro é mais simples do que se imagina! O procedimento é bastante parecido entre os carros, por isso, vamos lhe dar mais detalhes sobre nas próximas linhas.

    Localizando o macaco do carro

    É comum que o macaco do carro fique próximo ao estepe, seja no mesmo compartimento ou em uma caixa específica nos modelos em que a roda fica do lado de fora. Inclusive, aqui vai um lembrete importante: mantenha sempre seu estepe calibrado, para afastar qualquer tipo de dor de cabeça na hora da precisão.

     

    Entretanto, em alguns modelos específicos, como o Toyota Yaris e Etios, o macaco fica bem distante da roda. Estes dois modelos citados, por exemplo, trazem a ferramenta sob o banco do motorista.

    Como usar o macaco do carro?

    Antes de iniciar o processo é importante sinalizar o local em que seu carro está parado. Entretanto, não pense que a sinalização correta consiste apenas em colocar o triângulo atrás do seu carro.

     

    Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é importante se atentar à medida ideal para realizar essa ação.

     

    O CTB orienta que a sinalização seja feita a 30 metros do carro parado, seja na rua ou na rodovia. Para chegar a essa distância, a melhor forma é contar 30 passos largos a partir do seu carro.

     

    Apesar desta orientação, o CTB aponta que é importante considerar a velocidade máxima do trecho em que você está parado. Portanto, se o trecho tem velocidade máxima de 80 km/h, o triângulo de sinalização deve estar posicionado a 80 passos do local onde seu carro está.

     

    Feita a sinalização, o próximo passo, antes de posicionar o macaco, é afrouxar os parafusos da roda. Feito isso, identifique os pontos de suporte para o macaco, geralmente indicados por setas presentes na própria lataria do veículo.

     

    Vale ressaltar: preste bastante atenção a este ponto. Isso porque, o posicionamento incorreto pode provocar danos na carroceria. 

     

    Assim, com o macaco posicionado, levante o carro até que a roda esteja levemente distante do chão. Certifique-se que existe espaço suficiente para ela ser removida.

     

    Para sua segurança, nunca entre embaixo do carro apoiado no macaco. Ainda, lembre-se de colocar um calço na roda diagonalmente oposta à danificada. Portanto, caso o pneu furado seja o traseiro esquerdo, coloque o calço na roda dianteira direita.

     

    Por fim, após colocar o estepe, dê o aperto inicial nos parafusos antes de baixar o macaco do carro. Depois, já no chão, dê o aperto final para a fixação da roda.

    Colocou estepe? Cuidado com a velocidade!

    O estepe é um pneu para uso temporário, ou seja, apenas para casos de emergência. Por isso, normalmente eles são pneus mais finos ou de tamanho diferente das rodas normais do veículo.

     

    Assim, ao colocar o estepe, não ultrapasse os 80 km/h, evitando perigos à sua vida. Além disso, siga com este pneu apenas até encontrar um local para o reparo do pneu furado e sua recolocação, garantindo uma viagem segura.

     

    E aí, gostou das dicas? Então, já salve todas elas para tê-las nas mãos em caso de precisão. Procurando por pneus novos? Não fique sem, na PMZ tem! Procure a loja mais próxima de você e aproveite nossas vantagens.